menu

world pt

Entrevista a Rino Liborio Galante

posted in News

Sr. Galante, os seus 70 anos e os primeiros 40 anos de Carmix. Com que sentimentos encara este duplo acontecimento?

Tanta alegria e grande satisfação. Sobretudo, sinto-me um homem com muita sorte porque assisti, durante a minha vida, à concretização de todos os sonhos que tinha quando eu era um rapaz.

Imaginemos por um momento que a sua empresa é uma pessoa, que presente lhe ofereceria pelo aniversário dos 40 anos?

Certamente um presente valioso, único… diria uma taça de ouro gravada com a frase “Os primeiros magníficos 40 anos”.

Quais foram os três momentos de viragem no seu percurso de vida?

O primeiro foi a decisão de me lançar por conta própria exatamente três dias após a empresa para a qual trabalhava ter falido: foi uma escolha amadurecida em mim durante anos e que após um período muito curto, se concretizou. O segundo está relacionado com o meu sonho de vender máquinas que fossem completamente produzidas pela Metalgalante: este desejo realizou-se em 1980, quando foi produzida a primeira betoneira giratória a 360° da Carmix, motor traseiro e posto de condução dianteiro. O terceiro momento foi quando percebi que nos tínhamos tornado reconhecíveis e que a marca Carmix se tinha tornado sinónimo de camião-betoneira autocarregável: uma grande satisfação, que me recompensou pelo muito trabalho.

Se olhar para trás, qual foi o maior desafio com que se deparou?

Penso que terá sido o querer concentrar-me imediatamente nas exportações. No início éramos uma pequena empresa, mas sempre olhámos para o mundo inteiro como sendo o horizonte do nosso trabalho. E hoje continuamos a fazê-lo, porque há pelo menos uma Carmix em quase 160 países.

O senhor começou como tradutor, depois trabalhou como comercial e, por fim, criou a Metalgalante. Quais são os valores que sempre o acompanharam durante a sua longa carreira?

Ser uma pessoa de palavra, pontual e credível, colocando em primeiro plano os relacionamentos e as relações humanas. Olhando para trás, revejo estes valores no dia-a-dia do meu trabalho. E são valores que procurei viver com todos: dos clientes aos fornecedores, dos colaboradores aos empregados. Com grande alegria posso dizer que, em alguns países, trabalhamos com um distribuidor desde há quarenta anos e é um verdadeiro sinal de estima, confiança, respeito e amizade. Além disso, se penso nas Carmix, o nosso valor pautar sempre pela qualidade: é por isto que escolhemos construir máquinas sem olhar a poupanças, porque caso se olhe apenas para a poupança a excelência é difícil de alcançar.

A Metalgalante é uma empresa com uma longa história, quando começou imaginava tudo isto?

Sinceramente não. Sonhava chegar a produzir oito máquinas por mês, no entanto, existiram momentos em que alcançámos picos de 40 Carmix produzidas. E acima de tudo, nunca imaginaria que nos tornássemos numa marca tão conhecida no mundo e uma empresa líder no nosso setor de referência.

O que se espera dos próximos 10 anos da empresa?

Tenho a sorte de ter dois filhos na empresa que têm o mesmo amor e a mesma paixão que eu por este trabalho. Consequentemente, o futuro está nas mãos que têm o entusiasmo, a determinação e o profissionalismo necessários para fazer crescer o negócio nos mercados mais promissores, como o indiano, mantendo sempre intacta a nossa identidade. A Carmix é sinónimo de camiões-betoneiras autocarregáveis e sê-lo-á sempre.

Última pergunta, onde se imagina dentro de dez anos?

Imagino-me aqui, a fazer aquilo que estou a fazer há mais de quarenta anos, com o mesmo entusiasmo e a mesma paixão que me acompanharam nesta maravilhosa viagem pessoal e profissional.

20 Oct, 16

about author

 

 

related posts

 

 

latest comments

There are 0 comment. on "Entrevista a Rino Liborio Galante"